Ribeiro Corretora de Seguros

A credibilidade que você já conhece e a segurança que você precisa

Blog

  • 26/08/2020

    Situações em que a seguradora pode se negar a pagar o sinistro

    Mas quais as situações em que a seguradora pode negar o pagamento de um sinistro? Confira a seguir.
    Situações em que a seguradora pode se negar a pagar o sinistro

    Quando contratamos um seguro, tanto a seguradora quanto quem contrata têm direitos e deveres, sendo fundamental ler com atenção a apólice na hora da contratação. 

    Mantenha seus dados atualizados

    Um dos motivos mais comuns em que a seguradora não paga um sinistro é a divergência de informações. Por isso, sempre confira todos os seus dados na hora da contratação e também durante a vigência do contrato. Em caso de mudança de endereço, casamento, nascimento de filhos e qualquer outra grande na sua vida, a seguradora deve ser avisada, pois na hora de acionar uma cobertura do seguro, todas as informações são checadas e, se tiver qualquer divergência, a seguradora pode negar!


    Utilize somente informações corretas

    Na hora de contatar o seguro é importante que todas as informações sobre o sinistro sejam verdadeiras. Caso a seguradora entenda que as informações do segurado não batem com as informações do ocorrido, ela pode se negar a pagar o sinistro. Portanto, independente do que tenha ocorrido, deixe claro tudo o que aconteceu.


    Tente não piorar o problema

    Se o problema inicial são os freios, não aumente para a suspensão, pintura ou mecânica. Caso a perícia do seguro comprovar que o problema inicial era menor do que o relatado, ela também pode se negar a pagar o conserto por divergência de informações.


    Boletos ou pagamento no cartão sempre em dia

    Caso o pagamento do seu seguro não esteja em dia, a seguradora também pode se negar a pagar o sinistro. Por isso é fundamental que você não atrase o pagamento mensal da apólice, garantindo sua tranquilidade onde quer que você vá.


    Evite certos tipos de situação

    Se sua CNH está vencida, suspensa ou o carro está emprestado para um terceiro que está com estes problemas, a seguradora também pode se negar a pagar o sinistro. Mas fique tranquilo, Fique tranquilo, a seguradora utiliza recursos internos e externos para analisar caso a caso, assim é possível lidar melhor com a situação e deixar você de cabeça fria.