Ribeiro Corretora de Seguros

A credibilidade que você já conhece e a segurança que você precisa

Blog

  • 03/05/2021

    Saiba tudo sobre o Seguro do Condomínio

    Você sabia que além da sua casa, o condomínio de casas ou apartamentos onde você mora também tem cobertura de seguros? A contratação do serviço, inclusive, é obrigatória para os empreendimentos.
    Saiba tudo sobre o Seguro do Condomínio

    Além da cobertura de seguro para unidades residenciais, o condomínio como um todo também precisa do serviço para funcionar com segurança. A modalidade paraSeguro do Condomínio, inclusive, oferece tipos de proteção mais variados em comparação com as coberturas para moradias.


    A contratação do Seguro de Condomínio é obrigatória e não é apenas o síndico doempreendimento que precisa conhecer a cobertura do seguro. É importante que os moradores também saibam quais são as modalidades de serviço disponíveis para o local, principalmente para o caso de imprevistos.


    Cobertura

    Em geral, o Seguro do Condomínio cobre a parte estrutural e a área comum do empreendimento, ou seja, todo espaço compartilhado pelos moradores. A cobertura compreende ainda jardins, garagens e corredores.


    Também conhecido como seguro predial, o serviço oferece cobertura por incêndio, queda de raio, explosões e queda de aeronaves, na modalidade básica. As opções mais avançadas contemplam danos elétricos, desmoronamentos, vendaval ou granizo, vazamentos e até roubos ocorridos em áreas comuns do empreendimento, sem considerar os apartamentos ou casas.


    Outra possibilidade de cobertura é a de responsabilidade civil, em que é possível ressarcir a reparação de danos causados a terceiros.


    Organização no condomínio

    Antes de contratar o seguro, ação que é responsabilidade do síndico ou do administrador do empreendimento, é preciso identificar detalhadamente quais as necessidades do condomínio, para que nenhum incidente deixe de ser coberto.


    Já o pagamento pelo serviço faz parte da composição do valor do condomínio e é classificado como uma despesa ordinária obrigatória. Desta maneira, o pagamento é feito pelos moradores ou responsáveis por todas as unidades, sejam eles inquilinos ou proprietários.